Executive Coaching – O que é, Quanto Ganhar, Como Ser Um (Guia Completo)

Spread the love

O executive coaching, também conhecido como coaching executivo ou coaching de negócios (business coaching), é um dos principais tipos de coaching, que usa métodos para expandir o potencial do indivíduo em relação a seu ambiente de trabalho e sua carreira profissional como um todo.

É um nicho totalmente voltado ao mundo corporativo e empresarial, para desenvolvimento de uma cultura com missão, visão e valores totalmente alinhada às estratégias e desenvolvimento de organizações. O coaching executivo também é aplicado a empresários, alto executivos, CEOs e profissionais em cargos de liderança, assim como em pessoas que tem como foco principal alavancar a sua carreira e vida profissional.

O desenvolvimento de competências é a especialidade do nicho de coaching de negócios. O mundo corporativo de hoje exige cada vez mais dos grandes líderes o aprimoramento da capacidade de conduzir um negócio ou um grupos de pessoas.

 

Quem pode aplicar o processo de Executive Coaching?

O profissional (coach) formado nessa área de atuação. O mundo corporativo requer um conhecimento específico do profissional, que é o de entender as necessidades da empresa que o contratou e ter uma visão estratégica aguçada, para extrair de cada membro da equipe o máximo do seu potencial, em benefício da organização.

Quando contratado pelo próprio profissional (não tendo assim nenhum vínculo com uma empresa contratante) o coach de negócios precisa saber conduzir o profissional a atingir a alta performance, seja como líder ou como executor das sua tarefas.

É o nicho que mais exige do coach uma postura enérgica e de sucesso, visto que grande parte dos seus clientes, seja empresa ou individual, possui estratégias agressivas e metas ousadas de negócios e tem como objetivo principal resultados mensuráveis.

Com a onda do empreendedorismo no Brasil, o coaching para pequenas empresas continua crescendo. De acordo com um estudo do Sebrae, 23,4% das empresas morrem antes de completarem dois anos de funcionamento. Após quatro anos, esse número pode chegar a 50% segundo o IBGE.

O coaching executivo ajuda o pequeno empreendedor/empresário a tirar o foco apenas da  execução e construir pensamentos e ações estratégica para alavancar os negócios.

 

Executive Coaching,  Business Coaching ou Career Coaching? Existe diferença?

O Executive coaching:

É o processo que visa elevar a performance profissional dos colaboradores de uma empresa, sejam eles executivos ou não, individualmente ou de equipes. O coaching executivo geralmente é contratado por empresas e o profissional (coach) estabelece um cronograma para atendimento da equipe, individualmente ou em grupo, conforme o contrato estipulado. Uma variação que pode surgir desse tipo de trabalho é o team coaching, quando o objetivo maior for o desenvolvimento de equipes.

O Business coaching:

 É o processo que visa  atingir o objetivo ou uma meta de uma empresa. O foco é em uma meta da empresa e não de uma pessoa, e os responsáveis por fazer a meta ser cumprida são os executivos de cada setor da empresa, ou seja, os líderes e CEO’s. Esse tipo de coaching é o que mais exige aperfeiçoamento e conhecimentos estratégicos por parte do coach, porque requer a integração de vários setores da empresa, possui um período maior de implementação e consequentemente proporciona maior retorno financeiro para o profissional.

 

O Career Coaching (coaching de carreira):

É o processo que visa o crescimento profissional, como um elemento chave para facilitar a escalada profissional e a transição de carreira. A contratação desse serviço pode ser feita pela própria empresa, para garantir e potencializar a retenção ou escalada dos funcionários dentro da organização, ou pelo próprio profissional, de forma independente, para garantir a sua ascensão profissional ou novas oportunidades no mercado de trabalho.

Negócios e Família – Quem pode ajudar o equilíbrio?

Tem uma famosa frase que diz: “Devemos separar a vida pessoal da profissional” ou “Não leve trabalho para casa”.

O Brasil está muito distante dessa realidade. Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos,  74% dos brasileiros carregam seus computadores, smartphones e tablets durante as férias ou fins de semana. O país perde apenas para o chineses (92%) e fica à frente dos britânicos (47%) ou dos alemães (50%).

Levar trabalho para casa ganhou até um termo em inglês: blurring. E mais: 83% dos brasileiros pensam que o “blurring” facilita o trabalho.

Como o Blurring tem afetado a vida pessoal dos brasileiros? Um estudo publicado no jornal acadêmico “Occupational Health Psychology”, com a participação de 344 casais, comprovou o óbvio: O uso excessivo de aparelhos móveis em casa aumenta os conflitos familiares e gera maior tensão nos relacionamentos.

O fato é que com as tecnologias e as exigências do mercado de trabalho as empresas entraram nas casas das famílias brasileiras. Por este motivo, a Parent Coaching Brasil defende que as empresas também devem permitir que a família entre dentro das empresas!

Ensinar a lidar com as exigências da família, a usar conceitos como liderança, trabalho em equipe e comunicação tanto em casa como no trabalho fará com que o profissional saiba como equilibrar vida familiar X trabalho e aumentar a produtividade. A Parent Coaching Brasil tem o compromisso sério de levar o equilíbrio entre vida profissional e pessoal para as empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *